INSCRIÇÕES

Anais do II Encontro

de Estudos Clássicos da Bahia

 

 

APRESENTAÇÃO

 

O que o leitor tem agora em mãos são os Anais do II Encontro de Estudos Clássicos da Bahia, que se realizou em Salvador, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), Campus de Ondina, nos dias 22 e 23 de abril de 2015, e que se tornou possível graças à parceria entre a UFBA, a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e a Universidade Estadual da Bahia (UNEB, Campus Salvador e Campus Seabra). Esse evento teve cerca de oitenta trabalhos inscritos para as mesas de comunicações. Desses trabalhos apresentados então oralmente, se encontram aqui vinte e sete agora na forma de artigos.

Esses trabalhos foram divididos em cinco partes.

A primeira parte, denominada “Antiguidades”, que se encontra subdividida em duas seções, “A. Grécia” e “B. Roma e as fronteiras das Antiguidades”. A segunda parte denominada “As Antiguidades e os modernos”. A terceira parte, intitulada “O ensino das línguas e da cultura clássicas no Brasil”. E a quarta e última parte intitulada “As Antiguidades no Brasil”. O que guiou essa divisão foram os próprios temas dos textos que nos foram enviados para publicação. Se a seção B da primeira parte, por exemplo, faz menção apenas a Roma e os fins das Antiguidades, é porque não recebemos nenhum texto que tratava da Grécia e do mundo helênico nesse período.

 

Lendo os títulos dos artigos, se poderá notar que há alguns sobre temas que não costumam aparecer em anais desse tipo de reunião de estudiosos de Estudos Clássicos. E isso é o resultado de uma novidade desse II Encontro de Estudos Clássicos da Bahia que muito nos alegrou. Dele participaram não só professores universitários e alunos universitários, sobretudo pós-graduandos, mas também professores que trabalham com línguas e cultura das Antiguidades no Ensino Médio e também alunos do Ensino Médio que se interessam pelos estudos Clássicos, que apresentaram suas comunicações e nos enviaram seus textos para publicação.

 

Isso foi de extremo interesse para nós, porque por meio dessa participação pudemos ter uma ideia, ainda que superficial, de como os Estudos Clássicos ultrapassam os muros das universidades e atingem um público mais amplo. Nesse sentido, o que temos aqui é também um pequeno documento da difusão e das tendências dos Estudos Clássicos no Brasil, e não somente no âmbito universitário Alguns artigos, sobretudo das segunda, terceira e quarta partes podem nos dar uma ideia dessas tendências, de como essa difusão também extramuros universitários pode se dar e como poderíamos incentivá-la.

 

Essa participação de professores e alunos do Ensino Médio ganhou ainda mais interesse e significado porque no dia 24 de abril, realizou-se também na UFBA, Campus de Ondina, aqui em Salvador, também coma preciosa colaboração Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e a Universidade Estadual da Bahia (UNEB, Campus Salvador e Campus Seabra), o V Encontro de Professores de Latim, no qual foi, finalmente, redigido e aprovado em assembleia o estatuto da Associação de Professores de Latim. Para nós é uma coincidência que traz consigo também um bom augúrio o fato de nossa associação começar a tomar corpo juntamente com um Encontro de Estudos Clássicos que extrapolou, auspiciosamente, as fronteiras da universidade.

 

Para concluir, gostaríamos de fazer uma última observação. O leitor logo perceberá, se já não tiver percebido, que no sumário usamos a palavra “Antiguidades” no plural. Isso não é um erro gráfico recorrente. Na verdade quisemos assim deixar mais claro que a Antiguidade clássica foi múltipla não apenas na sua história e na sua historicidade, mas também é múltipla na forma como tem sido abordada até hoje, pelos diferentes sujeitos que se têm dedicado a ela. O que, esperamos, ficará bem claro pela leitura dos artigos aqui apresentados.

 

Em nome de toda a Comissão Organizadora, e das Instituições que deram sua valiosa contribuição na realização deste evento, nossos sinceros agradecimentos a todos que dele participaram, especialmente àqueles que nos enviaram seus textos que tornaram possível a publicação destes anais. Para nós foi uma grande honra poder recebê-los em Salvador.

 

Boa leitura a todos!

 

Renato Ambrosio

Tereza Pereira do Carmo

Zélia Gonçalves dos Santos

[Organizadores do volume de Anais]

 

II ENCONTRO DE

ESTUDOS CLÁSSICOS DA BAHIA E

V ENCONTRO DE PROFESSORES  DE LATIM

Local do V Encontro:

Campus Universitário de Ondina

Av. Ademar de Barros, 147,Ondina
Salvador - BA

 

© 2014  

Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • b-youtube
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now